AzTudo na frente Com Você






Depois do Pirate Bay e do Popcorn Time, agora é a vez do Kodi se tornar o grande alvo da indústria do entretenimento. Mais especificamente, na mira dos estúdios de cinema e serviços de streaming estão as extensões que permitem o acesso direto a torrents e sites de downloads de filmes e séries, capazes de transformar o player de mídia multiplataforma em um potente portal de acesso para conteúdos ilegais.

A aplicação, em si, não foi visada pelas empresas, pois, por si só, não apresenta nenhuma forma de quebra de direitos autorais. O mesmo, entretanto, não pode ser dito dos desenvolvedores de extensões, que têm recebido notificações extrajudiciais e ameaças de processo da Aliança da Criatividade e Entretenimento, uma organização que reúne a MPAA, associação que representa as produtoras de filmes e séries, e também serviços de streaming como Netflix e Amazon Prime Vídeo, além daqueles que realizam a transmissão de partidas da NFL e NBA.

Os primeiros ataques aconteceram no começo do ano, com o fechamento do TVAddons, um dos principais repositórios de extensões para o Kodi. E, na noite desta quarta-feira (15/11), o Colossus, outro dos grandes pontos de download de complementos para a plataforma, também saiu do ar abruptamente. Na ocasião, ninguém entendeu exatamente o porquê, apesar de os entusiastas já imaginarem qual seria o motivo.

A resposta não demorou a vir, um dos principais desenvolvedores de soluções para a central de mídia, autointitulado apenas como The Alpha, veio a público anunciar que está abandonando o desenvolvimento de extensões para a plataforma, sob ameaça de processo. Ele, inclusive, mostrou a carta escrita pelos advogados das empresas, que foi entregue em mãos, em uma circunstância que assustou bastante a todos os envolvidos.

A prova de se tratar de uma ação coordenada veio quando outros desenvolvedores proeminentes também anunciaram o fechamento de seus repositórios e o fim do trabalho em soluções populares. O Ares Wizard, outro ponto de download, fechou as portas na madrugada desta quinta (16/11), quando ainda começava a ser citado como uma boa alternativa para o fim das atividades dos dois maiores.

Entre as extensões que devem deixar de funcionar a partir de agora estão o URLResolver, capaz de localizar de maneira mais fácil links que tenham os conteúdos desejados pelos usuários, e o MetaHandler, que se conecta ao banco de dados de sites de cinema para extrair informações como capas, sinopse e elencos dos filmes presentes na máquina dos usuários.

Enquanto o caos acontece na comunidade de desenvolvedores, os próprios responsáveis pelo Kodi permanecem em silêncio. A empresa não falou diretamente sobre o assunto e, até onde se sabe, também não é um alvo direto das ações dos advogados de direitos autorais.
PARTICIPE DA NOSSA FANPAGE NO FACEBOOK 

Tags do Post:

No Comment to " NOVO ALVO DE ESTÚDIOS DE CINEMA E SERVIÇOS DE STREAMING - 17/11/17 "

Não divulgue nada como propagandas e links, não xingue!

Faça um comentário significativo que seja construtivo ao blog AZ-TUDO!

AZ-TUDO INDICA

------------------------------------------------------------

BANNER PARCEIROS

Seguidores